segunda-feira, 1 de Setembro de 2014

Revista de Imprensa (1/09/2014)

Michel poderá ser a cereja no topo do bolo


O brasileiro Michel que se encontra contratualmente ligado ao Benfica poderá ser a cereja no topo do bolo. O jogador que em Portugal já actuou no Penafiel e no Paços de Ferreira poderá estar a caminho de Moreira de Cónegos. Vamos aguardar até ao fim do dia de hoje.

domingo, 31 de Agosto de 2014

Leandro Souza reforça ataque


A Moreirense FC - Futebol, SAD garantiu mais um reforço para o ataque, assinando um contrato com validade para a presente época com o ponta-de-lança brasileiro Leandro Souza, de 27 anos, ex-Doxa (Chipre).

Leandro Souza volta, assim, ao futebol português, onde já representou emblemas como o Boavista e o Mirandela, do qual se transferiu para o futebol cipriota.

Na última época, ao serviço do Doxa, Leandro Souza assinou 10 golos. Agora, o avançado de 1,89 metros de estatura poderá estrear-se na Primeira Liga com as cores do Moreirense FC.  

[Vídeo] FC Porto 3 - 0 Moreirense


Filipe Melo: «FC Porto empurrou-nos para trás»


Filipe Melo, jogador do Moreirense, em declarações à Sport TV, no final da derrota no Dragão por 3-0: 

«Parabéns ao FC Porto, foi um vencedor justo. Tínhamos uma estratégia de pressionar alto, mas não conseguimos fazer tanto como queríamos. O FC Porto empurrou-nos para trás e isso desgastou-nos. Na segunda parte o FC Porto chegou ao golo num lance dentro da área em que sobrou para um jogador deles. Aí ficou mais complicado.» 

«O mister [Miguel Leal] tenta pôr uma disciplina grande em termos defensivos. Temos de estar muito concentrados. Conseguimos até ao primeiro golo. Depois desconcentramo-nos la atrás, sofremos o segundo e isso acabou com o jogo. Temos feito um bom início e estamos confiantes em fazer um campeonato tranquilo.» 

Miguel Leal: «Depois do golo perdemos o norte»


Miguel Leal, treinador do Moreirense, em declarações à Sport TV, no final da derrota no Dragão por 3-0: 

«Temos de valorizar a exibição do adversário, que foi superior e ganhou bem. Tínhamos uma estratégia montada e não fomos capaz de a pôr em prática. Mediante o que se passou no jogo tenho de aceitar o resultado e dizer aos meus jogadores para levantar a cabeça e pensar no próximo.» 

«A nossa ideia passava por não sofrer, mas depois do primeiro golo perdemos o norte. Fiquei um bocado triste com isso. Mas tenho de realçar o esforço feito por eles. Estão num processo que leva algum tempo. Temos de dar tempo ao tempo para as coisas saírem com mais qualidade.» 

«Esta paragem é importante porque vai permitir afinar algumas coisas que, neste momento, com jogos seguidos não era possível.» 

FC Porto-Moreirense, 3-0 (destaques)


Marafona 
Corajoso a sair da baliza e a acertar sempre nos tempos de contato com a bola. Sem ter feito defesas do outro mundo, tudo o que fez, fez bem. A equipa do Moreirense cedo percebeu que não seria pelo seu guarda-redes que começaria a desabar. Defendeu o penálti de Quintero. 

André Simões e Filipe Melo 
Praticamente perfeitos na anulação de Brahimi e Óliver. Muito trabalho sem bola, de esforço admirável. Dois médios portugueses a pedirem atenção e elogios. Aqui estão eles.