quarta-feira, 27 de maio de 2015

Marcelo Oliveira renova contrato


O central brasileiro Marcelo Oliveira, de 33 anos, renovou o contrato com o Moreirense por mais duas temporadas, segundo o jornal A BOLA.

in "http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=551324"

segunda-feira, 25 de maio de 2015

Moreirense: plantel já está de férias, mas treinos continuam

Moreirense: plantel já está de férias, mas treinos continuam


O plantel do Moreirense já entrou de férias depois de terminada a Liga, mas a bola vai continuar a rolar no Parque de Jogos Comendador Joaquim de Almeida Freitas, com vários jogadores a prestarem provas à equipa técnica orientada por Miguel Leal. 
  Alguns jovens jogadores, oriundos da formação do Moreirense e de escalões secundários, vão mostrar-se a Miguel Leal, no sentido de o treinador perceber com os jogadores provenientes da equipa de juniores que pode contar para o próximo ano, e ao mesmo tempo avaliar alguns potenciais reforços.
 
A outro nível, nos gabinetes, trabalha-se na construção do plantel para a próxima época. Tarefa que Miguel Leal, que renovou recentemente com o clube de Moreira de Cónegos, já referiu que irá tratar-se de «uma tarefa extremamente difícil».
 
Com quatro emprestados nas suas fileiras (Battaglia, João Pedro, Gerso e Cardozo) e ainda vários jogadores em final de contrato, o Moreirense está a tentar chegar a acordo com algumas das peças fundamentais do plantel, para que possam permanecer no clube.

[Resumo] Arouca 1 - 2 Moreirense

domingo, 24 de maio de 2015

Arouca-Moreirense, 1-2 (crónica)


O Arouca assegurou a permanência, mas tem poucas razões para festejar: terminou a época de forma tristonha, somando maus resultados e com uma derrota em casa diante do Moreirense. 
  
Fazer 28 pontos num campeonato de 34 jornadas só dá mesmo a permanência porque esta é uma Liga de 18 equipas em que… só descem dois, tendo Penafiel e Gil feito pontuações muito baixas. 
  
Em polo oposto, o Moreirense confirmou, na jornada derradeira da prova, a bela época que fez: triunfo justo fora de portas, 43 pontos somados a ilustrar um belíssimo 11.º lugar, bem bom para quem vem da II Liga. 
  
Miguel Leal reforça, com a vitória de hoje em Arouca, o estatuto de um dos treinadores desta Liga: conseguiu colocar no Moreirense um futebol simultaneamente bonito e eficaz. 
  
Passou, com justiça, em Arouca, graças à capacidade de saídas rápidas, bem assistidas por Patrick (0-1) e Fati (0-2), duas vezes concretizadas por Gerso Fernandes, extremo guineense cedido pelo Estoril. 
  
A hora dos juniores 

Miguel Leal ainda conseguiu colocar em campo Ricardo Almeida, jovem internacional português sub-18 que apontou 31 golos nos juniores esta época, e João Sousa, jovem central vindo do Massamá, que se estrearam na primeira equipa. 

Do lado arouquense, a má exibição teve como dos poucos momentos positivos a entrada de outro júnior, Tucka. 

Ainda assim, a reação na última meia-hora justificou o golo marcado por Vuletich, que permitiu a redução por 1-2. O empate não esteve muito longe, mas o desacerto na finalização foi grande. 
  
FICHA DO JOGO E AO VIVO 
   
O jogo começou em rotação muito baixa. As duas equipas atuaram com várias alterações no onze e isso notou-se nos primeiros minutos, com futebol morno e pouco definido.  

O Arouca tentou assumir ascendente, mas sem criar grande perigo. Quando era preciso, Marafona estava lá. 

Mas aos poucos o Moreirense foi aparecendo, em saídas rápidas, e foi mesmo assim que Gerso conseguiu bisar. 

Arouca ainda reduz 

A ganhar 0-2 ao intervalo, o Moreirense optou por segunda parte de gestão. O Arouca chegou perto do 1-2 (os remates de Iuri Medeiros e Artur), mas de vez em quando Caleb ia tentando ousar o 0-3. 

A diferença mínima aceita-se, o empate não deslustraria, mas o triunfo do Moreirense premiou a equipa mais eficaz. 

À imagem da má ponta final de campeonato (apenas dois pontos nos últimos 15 possíveis), o Arouca falhou nos momentos mais importantes.  

Fati: «Desatei a correr e consegui servir o Gerso...»


Fati foi um dos mentores do triunfo do Moreirense em Arouca. 

O avançado nascido na Guiné Bissau acelerou pela esquerda e serviu Gerso para o 0-2. No final, contou o momento: «Desatei a correr e consegui servir o Gerso... Felizmente deu golo!» 

O jovem, de 21 anos, promete «continuar a trabalhar para ter mais oportunidades», elogiado a aposta de Miguel Leal nos valores mais novos. 

Sobre o encontro, observou: «Conseguimos chegar ao 0-2 em dois bons lances. Foi uma boa vitória».

Miguel Leal: «Sou muito ambicioso nos objetivos que traço»


Miguel Leal, treinador do Moreirense, após o jogo em Arouca, para a última jornada da Liga:
 
«Nos meus projetos, nos meus objetivos, acreditava que íamos fazer 43 pontos, mas sabia que era muito difícil».

«Sou muito ambicioso nos objetivos que traço. Mas sabia que o caminho ia ser duro»
 
«No ano passado ninguém me pedia para ir jogar no Moreirense, agora já recebi alguns telefonemas... O Moreirense passou a ser um clube apetecível».

«Lançámos alguns jovens, é importante para eles jogarem na Liga, embora tenham que crescer um pouco mais».

«Voltamos ao trabalho a 6 de julho»

in "http://www.maisfutebol.iol.pt/liga/moreirense/miguel-leal-sou-muito-ambicioso-nos-objetivos-que-traco"

Arouca-Moreirense, 1-2 (destaques)


O MOMENTO
 
Gerso bisa 
O Moreirense estava a vencer 0-1, o Arouca não estava a conseguir concretizar. A equipa visitante acreditava cada vez mais nas hipóteses de surpreender o adversário no contra-ataque. E foi mesmo assim que Gerso somou segundo golo, só tendo que encostar, após grande aceleradela de Fati, pela esquerda. 
  
  
A FIGURA
 
Fati 
Um poço de energia, velocidade pura a ser explorada na próxima época de forma mais continuada. O modo como «inventou» o lance do 0-2 diz tudo sobre a qualidade deste jovem de 21 anos, que estava no Real Massamá. 
     

OUTROS DESTAQUES
 
Iuri Medeiros 
Num Arouca em fim de estação, voltou a ser, de longe, a unidade mais esclarecida e inconformada. Não esteve longe, num dos vários remates, de assinar golo que daria o empate.