segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Sporting para recuperar equipa

O Moreirense já não vence há sete jogos e a receção ao Sporting, agendada para a próxima segunda-feira, coloca obrigações aos comandados de Jorge Casquilha.
As derrotas caseiras, sempre por 0-1, diante de V. Guimarães, Marítimo e, mais recentemente, Rio Ave, abalaram muito a condição mental dos jogadores e trouxeram um peso difícil de suportar para uma equipa com pouca rodagem na Liga.
Além do momento crítico no campeonato, o Moreirense viu-se afastado da Taça de Portugal pelo Benfica, também em casa, e é, por tudo isto, que se reclama uma rápida retificação de erros recentes e desempenhos insuficientes, para lá de encontros emocionalmente adversos e castigadores, face à perda de vantagens em Barcelos e Olhão.

Jorge Casquilha tem uma semana para sossegar os atletas e incutir-lhes espírito vencedor, esperando que o colossal jogo frente ao Sporting, para a Taça de Portugal, sirva de inspiração.
No plano clínico, a maior preocupação reside na recuperação do médio Renatinho, que tem sido figura com influência crescente na equipa, indo muito além de um trinco rígido em termos posicionais.
A confirmar-se a baixa deste, a dança por um lugar no onze favorece Júlio César, que aguarda estreia a titular na Liga.