quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

«Estou aqui para evoluir», diz Aníbal Capela

A estreia ao terceiro dia no clube, o golo ao segundo jogo. Reforço de inverno, Aníbal não podia imaginar melhor começo com o emblema do Moreirense ao peito. Ou podia...?
«Melhor é sempre possível, mas este arranque tem sido muito positivo», reconhece o defesa-central.

Titular desde que entrou ao serviço nos cónegos, coincidindo com a melhor série da época — duas vitórias consecutivas —, o jogador nega a ideia de ter encontrado uma equipa condenada e descrente na salvação.
«O grupo não estava morto quando cheguei, vi gente confiante na recuperação: os resultados estão à mostra. Além disso, fui muito bem acolhido», realça.

Cedido pelo SC Braga até final da temporada, o central encontrou na morada moreirense o desafio desejado.
«Dei um passo em frente. Nem hesitei quando soube da possibilidade de vir para aqui, é uma oportunidade única. Vou trabalhar no máximo para tirar partido desta aposta e ser sempre uma opção para o mister», faz juras de amor ao seu novo clube.
Lançado na Liga por Domingos Paciência — fez um jogo em 2010/2011 —, o defesa conta ainda com uma presença na Champions, num jogo disputado na Donbass Arena, com o Shakhtar Donetsk.

«Se merecia uma oportunidade em Braga? Foi a opção do clube, certamente saberá o que é melhor para mim. Estou aqui para evoluir... e talvez um dia voltar», não se alonga no tema, ainda que, nesta campanha, o eixo defensivo tenha provocado enorme dor de cabeça na Pedreira. Mas Moreira de Cónegos... estava-lhe destinado. Na última jornada da época passada, Aníbal testemunhou ali, dentro das quatro linhas e com a camisola do Covilhã, a subida da sua atual equipa à Liga:
— Foi uma festa bonita, com o estádio cheio. Estamos agora a lutar por um objetivo completamente diferente, mas quero voltar a ser feliz neste estádio... e sem ter de esperar tanto para festejar a permanência.