domingo, 31 de março de 2013

Augusto Inácio e o empate em cima da hora: «Custa muito»


Augusto Inácio, treinador do Moreirense, comentando o empate frente ao Estoril:

«São dois jogos seguidos assim em casa, com Olhanense e Estoril. Que se pode dizer? Entramos bem, marcamos um golo. O Estoril reagiu como grande equipa que é e obrigou-nos a recuar no terreno. Tiveram um ascendente no jogo mas sem nenhuma oportunidade a não ser a bola ao poste. A tendência foi a mesma na segunda parte e depois surge aquele último lance em que errámos todos e o Estoril aproveitou. Acabámos por empatar um jogo em que...enfim. Custa muito. Somamos mais um ponto mas deixamos mais dois pelo caminho. Os jogadores lutaram muito, deram tudo. Faltou mais qualquer coisa além da vontade e isso às vezes faz perder pontos. A força do Estoril e a ansiedade também obrigou a recuar mais do que aquilo que queríamos. Mérito do Estoril, mas nós também devíamos ter segurado o jogo de outra forma.»

«Sete minutos? Não falo do arbitro. Se fossem dez, eram dez.»

in "http://www.maisfutebol.iol.pt/moreirense/moreirense-estoril-augusto-inacio/1434529-1466.html"