quinta-feira, 14 de março de 2013

Com Inácio chegou a confiança perdida

Os nove pontos conquistados nas últimas seis jornadas permitiram ao Moreirense relançar-se na luta pela permanência. Desde a chegada de Augusto Inácio ao comando técnico da equipa, apenas o V. Guimarães conseguiu levar a melhor sobre os cónegos. Motivos que, segundo Ricardo Pessoa, fazem aumentar o ânimo entre os jogadores.

“Chegámos a acusar falta de confiança, mas desde que chegou Augusto Inácio nós perdemos apenas um jogo em seis disputados e isso fez com que o grupo voltasse a acreditar nas suas capacidades. Estamos muito mais fortes em termos emocionais e preparados para o combate”, explicou o lateral-direito, de 31 anos, recordando que “a luta vai ser até ao fim”. “Esta recuperação é para continuar. Quem já esteve tão longe da linha de água, a seis pontos de distância, e agora se vê tão perto, tem de continuar a acreditar...”

Depois do rude golpe que foi o empate consentido frente ao Olhanense, mesmo ao cair do pano, o desafio com o Rio Ave assume ainda maior importância. “Uma vitória poderá permitir-nos recuperar pontos que acabámos por perder e que nos fazem tanta falta.Se conseguirmos vencer o Rio Ave, será ouro sobre azul”, apontou Ricardo Pessoa.
Até ao fim da Liga, o Moreirense terá ainda de enfrentar Benfica, FC Porto, Sp. Braga e Sporting. “Não podemos pensar nisso, porque antes há outros duelos importantes”, conclui o defesa.