sexta-feira, 15 de março de 2013

«Há aqui jogadores que não estão preparados para ter concorrência»

Augusto Inácio (foto ASF)
O treinador do Moreirense, Augusto Inácio, fez esta sexta-feira a antevisão do jogo do próximo domingo, frente ao Rio Ave. Um jogo que prevê difícil, já que pela frente terá uma equipa que luta por lugares europeus, mas acredita numa boa resposta por parte dos seus pupilos.
«Este será o quarto adversário que joga para a Europa que nós vamos defrontar, depois de Vitória de Guimarães, Nacional e Marítimo. Vamos encontrar o mesmo tipo de dificuldades mas o Moreirense tem tido um bom comportamento como visitante e tem colocado imensas dificuldades às equipas que jogam em casa. E espero que a minha equipa se mantenha nesse caminho», referiu.

Augusto Inácio não poderá contar com Castro, lesionado, e Pintassilgo, castigado, mas este é, ainda assim, um cenário muito mais positivo do que o que se vinha verificando até há bem pouco tempo.
«O departamento médico está a fazer um bom trabalho. Quando cheguei tinha cerca de 18 jogadores disponíveis e conseguimos, com calma, recuperar alguns jogadores e isso é bom porque aumenta a competitividade.» Junto com o elogio à equipa médica vem, no entanto um aviso interno para o plantel.
«Mas há aqui jogadores que não estão bem preparados para lidar com isso [mais opções para o seu lugar] e parece que estão mais talhados para estarem sozinhos e não terem concorrência... Enquanto jogador, eu sempre estive habituado a ter alguém que me queria roubar o lugar e eu sempre tive de trabalhar para manter esse lugar. E, se calhar, foi assim que me tornei melhor jogador», atirou.