quinta-feira, 18 de abril de 2013

«FC Porto não está mais fragilizado, antes pressionado» - Augusto Inácio

Augusto Inácio (foto ASF)
Na antevisão do jogo com o FC Porto, Augusto Inácio foi igual a si próprio. Pragmático na análise à partida, o treinador não espera quaisquer facilidades e nem a derrota dos portistas na Taça da Liga lhe muda o discurso.

«Não acredito que o FC Porto esteja mais fragilizado, antes, muito mais pressionado. Porque qualquer ponto perdido nesta altura é um passo atrás da revalidação do titulo. A pressão dos pontos vai-se impor no jogo, até porque, nós também precisamos deles para garantir a permanência», assumiu Inácio, garantindo que o Moreirense tem possibilidades de arrancar um bom resultado.
«Vai ser um jogo difícil, mas para os dois clubes. Este FC Porto é do nosso campeonato que tem 30 jornadas e esta é mais uma. Nenhum jogo começa com um vencedor ou derrotado antecipado. Qualquer equipa pode vencer», disse.

E manutenção? Quando ficarão fechadas as contas da permanência?
«A nossa intenção é chegar à Luz, na última jornada, com a permanência garantida, até porque, precise o Benfica de pontos, ou não, vai ser um clima de festa e para nós é importante chegar à Luz sem ter de lutar pela permanência», afirmou.