sábado, 20 de abril de 2013

O dia em que o FC Porto, em Moreira de Cónegos, estendeu a 'passadeira' do título ao Benfica


A 8 de maio de 2005 o FC Porto escorregou em Moreira de Cónegos (1x1) e estendeu a 'passadeira' do título ao Benfica, então orientado pelo italiano Giovanni Trapattoni. O Moreirense era treinado por Jorge Jesus (atual técnico do Benfica) e a baliza dos minhotos estava entregue a João Ricardo, guarda-redes que espera ver os encarnados campeões este ano.

«Desejo que tenha essa sorte. As recordações que tenho são as melhores e o trabalho que está a fazer confirma a expectativa que tinha dele», explica João Ricardo sobre Jesus, em declarações à Renascença.

O antigo guarda-redes do Moreirense entende que ao técnico benfiquista se deve o facto do «Benfica ter voltado à mística que tem hoje».

Desde Luanda, João Ricardo vê «um Benfica um bocadinho mais descontraído, moralizado pela campanha europeia e que tem tudo a favor» mas que «não se pode distrair perante FC Porto com potencial e que ainda é um grande candidato».

João Ricardo recorda o tal dia 8 de maio

João Ricardo aproveitou ainda para recordar o tal dia 8 de maio.

«O Moreirense está numa situação quase idêntica, por isso gostava bastante que conseguisse a vitória. A minha simpatia pelo clube e pelas pessoas da terra ficam para sempre, daí a minha inclinação para o Moreirense, embora o FC Porto parta com toda a vantagem», lembra.

Nesse dia o FC Porto, orientado por José Couceiro, começou a perder com golo de Nei, aos nove minutos. Porém, Hélder Postiga, aos 75 minutos, fez o golo da igualdade.

in "http://www.zerozero.pt/noticia.php?id=107510"