domingo, 6 de abril de 2014

Necessário reforço policial no final do Moreirense-Leixões, da II Liga

Fonte do INEM disse à agência Lusa que foram socorridas "pelo menos cinco pessoas", entre elas um jovem de 27 anos que apresentava uma fratura exposta num braço e foi encaminhado para o Hospital de Guimarães pelos Bombeiros Voluntários de Vizela.

Cerca de quatro dezenas de agentes da GNR foram chamados hoje para controlar a saída dos adeptos após o jogo Moreirense-Leixões, da II Liga em futebol, que só ficou concluída quase uma hora após o final da partida. Os distúrbios começaram nas bancadas, após o segundo golo da vitória do Moreirense (2-0), aos 58 minutos, quando adeptos leixonenses começaram a arremessar cadeiras para o relvado. À saída do estádio, a claque do Leixões, que seguia em dois autocarros alugados pela empresa Auto Viação Pacense, demorou mais de meia hora a seguir viagem, tendo-se registado confrontos entre adeptos e agentes da GNR. Já a claque do Moreirense ficou retida no interior do recinto desportivo durante 15 minutos.

in "http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/ultima-hora/necessario-reforco-policial-no-final-do-moreirense-leixoes-da-ii-liga"