segunda-feira, 12 de maio de 2014

Moreirense vs Tondela - Análise

Somos campeões! Objectivo atingido, mesmo com todas adversidades que passamos durante um longo ano, tudo o que foi feito pelos jogadores e por nós adeptos faz agora sentido, valeu a pena, levantamos a taça, o objectivo pelo que todos trabalhamos foi alcançado. Não adianta agora dizer que podia ter sido mais cedo, que podia ter sido menos sofrido, o que interessa é que conseguimos. Em relação ao jogo, foi um jogo muito vivo, muito intenso, sempre com muita paixão em campo. O Moreirense foi dominador, ambicioso, assim teria de ser porque só a vitória dava o título. Apesar disso nos momentos iniciais o Tondela estava em vantagem no meio-campo, mas com o passar do tempo as marcações e ocupação do terreno foi melhorando e o Moreirense tomou conta do jogo. Pires, o homem golo do campeonato, desmarcou-se e isolado atirou sem problemas para inaugurar o marcador. Depois disso o Moreirense continuava a criar perigo, Wagner por duas vezes criou muito perigo, mas das duas vezes a bola foi cortada quase ao calhas, uma por um defesa e a outra pelo guarda-redes. O Tondela só criava perigo em landes de bola parada, num canto obrigou Marafona a uma extraordinária defesa.

Na segunda-parte, o Moreirense entrou muito forte, pressionante e intenso no ataque, à busca do golo da tranquilidade, golo que podia ter surgido por algumas ocasiões, com Pires à cabeça, mas com a grande oposição de Ricardo Andrade que na segunda-parte defendeu tudo o que havia para defender. Com o passar dos minutos e o segundo golo a não aparecer, ia-se notando aqui e ali algum nervosismo dos jogadores, mas nada de grave, foi tudo controlado, e só perto dos 90 minutos é que os visitantes conseguiram chegar com algum perigo à área dos homens da casa, lance esse que foi bem resolvido pelos defesas do Moreirense.

Chegamos ao fim da época, resta-nos agradecer a todos os que tornaram isto possível, direcção, equipa técnica, jogadores e até mesmo nós adeptos, aqueles verdadeiros, os que vão a todo o lado, que apoiam em todos os momentos, e não aqueles de ocasião. Nós todos fizemos com que isto possível, foi muito bonito de ver os jogadores a festejar junto dos adeptos, a cantar connosco, a festejar connosco, foi essa atitude, a atitude de união, de crença e de luta que os levou onde levou.

Perante isto só temos uma coisa a dizer SOMOS TODOS CAMPEÕES!!