terça-feira, 26 de agosto de 2014

Moreirense-Sp. Braga, 0-0 (destaques)

O MOMENTO
Pedro Santos à barra!
Acabado de entrar, o médio bracarense assina remate à barra em livre que até nem anunciaria grande perigo. A baliza até tremeu… mas a bola não entrou.


A FIGURA
João Pedro
O melhor em campo num jogo intenso e rasgadinho. Procurou a sorte, lutou, fez bons passes, ajudou a equipa, brilhou individualmente.


Outros destaques

Rafa
A referência do jogo ofensivo bracarense. O Braga começou a melhorar no jogo à medida que o «mundialista» (sem qualquer minuto de utilização no Brasil, é certo) foi somando boas assistências. A sua mobilidade obrigou também Paulinho a fixar-se.

Pedro Tiba
Quase abriu o ativo, num belo remate em zona frontal, e foi o esteio do costume no meio-campo. Bem a apoiar o ataque, incansável a defender.

Alex
Um ponta-de-lança muito móvel, batalhador, inconformado. Foi lá atrás buscar jogo, tentou a sua sorte sempre que pôde (sobretudo até aos 30).

Centrais do Moreirense
Danielson e Marcelo Oliveira tiveram ação decisiva no impedimento do golo bracarense no segundo tempo. Pardo e Éder que o digam.

Filipe Melo
Um mouro de trabalho naquele meio-campo do Moreirense. Não deixou que o Braga se acontonasse em zonas demasiado perigosas para os interesses da equipa da casa. Chateou, roubou bolas, cortou jogo do adversário.