domingo, 14 de setembro de 2014

Atitude e golo de Vítor Gomes justificavam outro desfecho

Com um golo de Vítor Gomes, logo no início da segunda parte, o Moreirense FC somou um ponto sempre importante no confronto com o Rio Ave FC, em jogo que até poderia ter tido um desfecho diferente, isto caso o árbitro tivesse assinalado carga na área de Prince sobre Alex, aos 63 minutos. 

O Moreirense FC acabou o jogo por cima do adversário, depois de ter sido obrigado a recuperar de uma desvantagem (golo de Diego Lopes) quando o Rio Ave ainda não tinha criado qualquer situação.
A equipa reagiu bem ao golpe e justificou mesmo, com mais uma exibição de grande entrega e concentração, aquela que seria a primeira vitória em casa.

MOREIRENSE FC, 1 - RIO AVE FC, 1
Parque Desportivo Comendador Joaquim de Almeida Freitas
Assistência: 1576 espectadores
Árbitro: Jorge Tavares (AF Aveiro)
Assistentes: Pedro Ribeiro e Miguel Aguilar
4º árbitro: Tiago Antunes
MOREIRENSE FC - Marafona; Paulinho, Marcelo Oliveira, Danielson e André Marques; André Simões, Filipe Melo e Vítor Gomes; João Pedro (Jorge Monteiro, 84), Alex (Cardozo, 88) e Arsénio (Gerso, 55)
Suplentes: Gideão, Anilton, Diogo Cunha e Luís Aurélio
Treinador: Miguel Leal
RIO AVE FC - Cássio; Lionn, Marcelo, Prince e Tiago Pinto; Tarantini, Pedro Moreira (Wakaso, 74) e Bressan (Jebor, 61); Ukra, Boateng e Diego Lopes (Esmael, 80)
Suplentes: Ederson, Hassan, André Vilas Boas e Nuno Lopes
Treinador: Pedro Martins
Ao intervalo: 0-1
Golos: 0-1, por Diego Lopes (28), 1-1, por Vítor Gomes (47)
Disciplina: cartão amarelo a Vítor Gomes (38), Marcelo Oliveira (63) e André Simões (90+3)); Wakaso (78) 

IN http://moreirensefc.pt/noticias.php?verNoticia=cefbebe14ccd8af9bc22c4b83ffc48fa