sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Estoril-Moreirense, 1-1 (destaques)

Paulinho a voar e o erro de Kieszeck


Momento: erro de Kieszeck deu empate 
O Estoril tinha feito um esforço enorme para chegar à vantagem, mas perdeu-a num ápice no início da segunda parte. Paulinho desceu pela direita e cruzou tenso. Kieszeck não segurou e a bola sobrou para os pés de Vítor Gomes que atirou a contar. Os canarinhos não conseguiram voltar a «enganar» este Moreirense, muito bem organizado. 

Figura: Paulinho supersónico 
Bom jogo do lateral do Moreirense que, depois de uma rápida descida pelo flanco, fez a assistência para o golo do empate, com a preciosa ajuda de Kieszeck, como já dissemos, e esteve muito perto de marcar o golo da vitória, já em tempo de compensação, com nova investida pela direita a culminar com remate cruzado que não passou muito longe do poste. Pelo meio, o lateral esteve sempre muito concentrado, anulando Fernandinho que procurava mostrar trabalho, aproveitando a ausência de Kuca. 

Outros destaques: confira a FICHA DO JOGO e as notas dos jogadores 

Vítor Gomes 
A lesão do capitão Filipe Melo no último treino de preparação para este jogo, abriu-lhe as portas da titularidade e o médio aproveitou-a com uma boa exibição coroada com um golo. A forma tranquila como atirou para as redes de Kieszeck, logo a abrir a segunda parte, é um bom retrato da atuação do médio, sempre bem colocado no terreno, a pressionar o Estoril logo no início da construção do jogo. 

Sebá 
Uma grande primeira parte e uma segunda em nítida quebra. Esteve muito bem no início do jogo, dando vida ao flanco direito, com rápidas investidas pelo corredor, fazendo uso da sua boa forma física para ganhar muitas vezes numa luta corpo a corpo. Chegou muitas vezes à linha de fundo à procura de Kléber e esteve nos melhores lances do Estoril, mas caiu, como toda a equipa, no segundo tempo, deixando de conseguir a profundidade que conseguiu na primeira parte. 

Diogo Amado 
Jogo difícil para o médio que se viu muitas vezes em desvantagem numérica na zona central do terreno, mas conseguiu dar conta do recado, numa luta permanente na procura de espaços p+ara os companheiros, procurando manter o equilíbrio na zona central.