domingo, 4 de janeiro de 2015

V. Setúbal-Moreirense, 2-1 (destaques)


Momento: segundo autogolo
O Vitória parecia definitivamente condenado depois de ter chegado ao intervalo a perder e de ter iniciado a segunda parte sem novas ideias quando, num lance desenhado por Zequinha, Marcelo Oliveira desviou a bola para as próprias redes, como Frederico Venâncio tinha, aliás, feito na mesma baliza na primeira parte. Um golo que permitiu à equipa sadina recuperar a autoestima e voltar ao jogo que acabou por vencer.

Figura: Zequinha
Num jogo muito difícil para o Vitória, com a equipa a jogar sobre brasas, o extremo conseguiu reativar o flanco direito na segunda parte, com boas combinações com Pedro Queirós. Destaque óbvio para o lance do golo do empate, mas Zequinha criou mais oportunidades e mostrou aos companheiros que havia uma via para derrotar o Moreirense.

Outros destaques: confira a FICHA DO JOGO e as notas dos jogadores

João Pedro
Melhor jogador do Moreirense esta tarde, com destaque para o livre que deu origem ao primeiro jogo. Um remate tenso junto ao primeiro poste que obrigou Frederico Venâncio a desviar para as próprias redes. O médio esteve nos melhores lances da sua equipa e do jogo, quer sobre o flanco direito, mas também com rápidas derivações para a zona central.

Pelkas
Primeiro golo do internacional grego na liga portuguesa e um golo que vale a primeira vitória nos últimos seis jogos do Vitória. Entrou a quinze minutos do final e pouco mais fez do que empurrar a bola para o segundo golo do Vitória a dois minutos do final, mas a verdade é que é o seu nome que fica associado a este importante triunfo do Vitória.

in "http://www.maisfutebol.iol.pt/liga-vitoria-setubal-moreirense-destaques/54a988cd0cf2ca254a5475ac.html"