domingo, 8 de fevereiro de 2015

Moreirense vs Porto - Análise

Estes são daqueles jogos em que há pouco a dizer, o Porto é melhor, foi melhor e ganhou. Mas é de registar que, apesar de todas as dificuldades que o plantel atravessa, demos uma boa resposta, claro que não é a mesma coisa, muito longe disso, mas no geral os adeptos até terão ficado satisfeitos como os jogadores se bateram em campo. A equipa está descaracterizada, parece que lhe falta um braço e uma perna, o meio campo já não é tão trabalhador e combativo, a defesa está mais intranquila com todas as mudanças que tem havido, e isso sente-se nos golos que temos sofrido. Entre saídas do plantel, lesões e castigos o plantel ficou sem cinco titulares e tem de se reestruturar, criar novas dinâmicas, dar tempo aos novos para entrarem na equipa e isso demora o seu tempo. Para piorar ainda tivemos mais duas lesões, as quais parecem ser graves, e as coisas não se avizinham fáceis. Da defesa habitual só sobra o Danielson, do meio campo sobra o Battaglia, mesmo ele não jogava sempre, e o André Simões que já tem novo clube e do ataque sobra João Pedro e Arsénio, sendo que este último está claramente em baixo de forma. Posto isto já não somos o que eramos e temos de ser aquilo que quisermos ser, ou seja é preciso reestruturar a equipa, motivar os jogadores porque esta fase é negra. Tudo o que parecia ser o caminho para uma época tranquila, transformou-se tudo num único mês, e agora tudo parece escuro o sombrio, mas como diz o treinador, depois da tempestade vem a bonança, quem sabe não daremos a volta por cima e voltaremos mais fortes do que aquilo que já fomos no passado. Estrutura temos, temos uma claque fantástica e que está de parabéns, quer pelos 15 anos, quer pelos espectáculos que têm dado nos jogos. Temos condições para sair desta crise, vai ser difícil, claro que sim, mas se todos remarmos para o mesmo lado tudo se torna mais fácil. O caminho faz-se caminhando, muitas vezes é preciso mudar de rumo, dar dois passos atrás para a seguir dar dois à frente, e se for isso que é preciso fazer, isso será feito, agora de uma coisa temos a certeza, a equipa vai sair deste buraco, e voltar a dar alegrias aos adeptos. Devemos confiar em toda a equipa técnica e toda a estrutura do Moreirense, acreditamos que estão a trabalhar o dobro agora para dar a volta à situação, e nós cá estaremos para os apoiar e ajuda-los a ganhar, porque para nós adeptos ganharmos, eles têm de ganhar.


Domingo em Vila do Conde, mais uma prova de fogo, mas nós acreditamos que apesar de todas as dificuldades vamos conseguir trazer um bom resultado e restaurar de novo a confiança nos jogadores e nos adeptos. Estamos todos juntos neste momento, força Moreirense.