segunda-feira, 11 de maio de 2015

Moreirense-V. Setúbal, 3-1 (destaques)


A FIGURA: Arsénio 
Mais um jogo regular do extremo do Moreirense, desta feita coroado com dois golos. O número 77 dos Cónegos foi audaz na forma como procurou os espaços e foi feliz no remate que deu o golo. No segundo golo demonstrou um enorme sentido de oportunidade no coração da área. Foi o único com capacidade de mexer com o jogo, numa tarde em que foi pouco o futebol que se viu em Moreira de Cónegos. 
  
O MOMENTO: golo Arsénio (28’) 
A defesa do V.Setúbal foi displicente, deixou Arsénio posicionar-se como quis para armar o remate e quando o extremo do Moreirense atirou para a baliza de Raeder a tentativa de interceção de Venâncio foi infrutífera. Aliás, o defesa sadino ainda ajudou a que o esférico enganasse o seu guarda-redes. Um golo a emprestar alguma cor a uma tarde muito cinzenta. 
  
NEGATIVO: François 
Foi amarelado logo aos 23 minutos, num lance em que foi imprudente e cortou com a mão um lance em que Leandro Souza ficava isolado. Pouco depois voltou a fazer uma falta desnecessária, no meio campo do Moreirense, tendo sido poupado pelo árbitro Tiago Martins. Tarde desconcentrada do defesa sadino. 

CRÓNICA DO MOREIRENSE-V. SETÚBAL 
  
OUTROS DESTAQUES 

JOÃO PEDRO 
Como de costume, voltou a revelar-se dos jogadores mais mexidos na frente de ataque do Moreirense. O extremo cobrou os lances de bola parada e construiu alguns lances de relativo perigo para a baliza sadina.  

JOÃO SCHMIDT 
O brasileiro que costuma jogar a médio apareceu a jogar na lateral esquerda e não comprometeu, mesmo tendo travado um duelo individual com um dos jogadores em destaque no Moreirense, João Pedro. Ainda arranjou condições para auxiliar no ataque. 

CORONAS 
Jogo regular do defesa que esteve durante toda a época na sombra de Paulinho. Foi titular pelo segundo jogo consecutivo e entendeu-se na perfeição com os colegas, não comprometendo.  

DÁVILA
Entrou bem no jogo, tentou mexer com a equipa sadina e ainda esboçou dois remates à baliza de Marafona. Pelo pouco que o Setúbal fez neste encontro, acabou por se destacar.