sábado, 23 de janeiro de 2016

Moreirense-Estoril, 1-3 (destaques)


FIGURA: Mattheus 
O brasileiro de 21 anos do Estoril chama a sai grande dose de preponderância na entrada a todo o gás do Estoril, estando nos dois golos da equipa que trajou de amarelo. Dividiu o esférico nas alturas no primeiro golo e tirou o cruzamento certeiro para o segundo. Exibição pragmática e eficaz do avançado, fazendo sobressair a sua qualidade técnica no duelo com o Moreirense. Deu quase sempre o melhor seguimento ao esférico, cotando-se como uma unidade importante no conjunto de Fabiano Soares. 
  
MOMENTO: segundo do Estoril (4’) 
A entrada a todo gás do Estoril surpreendeu o Moreirense logo aos dois minutos, ganhando maior expressão dois minutos depois. Diogo Amado apareceu livre de marcação a culminar o cruzamento de Mattheus da esquerda, deixando os Canarinhos com uma margem confortável para gerir o encontro. Tudo muito simples no ataque do Estoril, beneficiando da inatividade Cónega. 
  
NEGATIVO: apatia do Moreirense 
Completamente adormecida, a equipa do Moreirense teve uma entrada em jogo muito apática, encaixando dois golos muito cedo num curto espaço de tempo. Partida em falso que deixou o Moreirense a correr atrás do resultado praticamente todo o jogo. 
  
OUTROS DESTAQUES 
  
Rafael Martins 
Primeira parte de muita luta, mas sem caudal de jogo para se posicional em carreira de tiro. No último fôlego do primeiro tempo teve a sua brecha e não desperdiçou, fazendo o seu nono golo na Liga, o 12º da época em todas as competições.