domingo, 1 de maio de 2016

Miguel Leal: «Sofremos mais no início do que no final»


Declarações de Miguel Leal, treinador do Moreirense, na sala de imprensa do Parque de Jogos Comendador Joaquim de Almeida Freitas, depois do empate a uma bola com o Boavista na antepenúltima jornada da Liga:

«Foi um jogo do oito e do oitenta, em que tivemos bons períodos e maus períodos. Defrontámos uma equipa batalhadora e aceita-se o resultado, se tivessem existido mais golos até seria mais ajustado. Houve alguma inconstância, a minha equipa é assim em casa, mas tenho de estar satisfeito porque conseguimos matematicamente a manutenção».

«Sensação pela manutenção pelo segundo ano consecutivo? Sensação de dever cumprido, fui contratado e sou pago para esse objetivo e tenho de estar agradecido ao clube. Tenho de estar tranquilo e satisfeito».

«Depois de um mau arranque esperava a garantir a manutenção a três jornadas do fim? Se calhar esperava garantir mais cedo, as minhas contas falharam num jogo em casa. Começámos mal, fomos crescendo como equipa, mas ultimamente temos vindo a crescer e em alguns jogos fomos prejudicados, mas isso não conta para o totobola. Sofremos mais no início do que no final, mas as coisas são como acabam e como começam».