domingo, 15 de maio de 2016

Moreirense-Marítimo, 2-1 (destaques)



FIGURA: Rafael Martins
Apareceu isolado na cara de Haghighi, sendo o jogo a feijões ou não, o avançado aproveitou para fazer o gosto ao pé. Bisou no segundo tempo atingindo assim as duas dezenas de golos esta época. Mais uma exibição de muita luta e de entrega total na frente de ataque da equipa de Moreira de Cónegos, coroada com dois golos na despedida da temporada. Saiu debaixo do maior aplauso da tarde.

MOMENTO: segundo de Rafael Martins (57’)
Meio golo para Fati pela forma como invadiu o corredor central do Marítimo evitando vários adversários. Estava isolado, mas deu o vigésimo golo da temporada a Rafael Martins. Oficialmente o golo é para o avançado brasileiro, mas o mérito é de Fati.

NEGATIVO: pouco público para a despedida
O ambiente era de festa em Moreira de Cónegos, os jogadores da equipa da casa até posaram para a fotografia com os filhos no último jogo da época, mas faltou essencial, adeptos. Apenas 922 espectadores nas bancadas.

O JOGO, AO MINUTO

OUTROS DESTAQUES
Fábio Espinho
Foi o jogador mais intenso no meio campo, a assumir de forma mais vincada o jogo. O lance do golo inaugural, em que deixou vários adversários para trás com uma aceleração é exemplo disso mesmo. Serviu Rafael Martins com as medidas certas.

Dyego sousa
Não fez um jogo brilhante, longe disso, ainda assim foi o mais esclarecido e, sobretudo, o mais perigoso da equipa montada por Nelo Vingada. Chegou ligeiramente atrasado para fazer a emenda num pontapé de canto. Saiu ao intervalo, a pensar na Taça da Liga.

Victor Braga
Estreia absoluta com a camisola do Moreirense, somando os primeiros noventa minutos entre os grandes do futebol português. Não comprometeu, rubricando uma intervenção de excelente nível quando Éber Bessa lhe apareceu isolado pela frente.

in "http://www.maisfutebol.iol.pt/liga/15-05-2016/moreirense-maritimo-2-1-destaques"