quinta-feira, 7 de julho de 2016

Francisco Geraldes: «É pelo Iuri Medeiros que me guio»


O médio Francisco Geraldes, uma das oito caras novas confirmadas até agora pelo Moreirense, espera seguir as pisadas de Iuri Medeiros e de Palhinha no Minho. Tal como a dupla que tem trabalhado às ordens de Jorge Jesus em Alvalade, também Francisco Geraldes chega a Moreira de Cónegos por empréstimo do Sporting.

O objetivo é seguir as pisadas dos dois jogadores que regressaram aos leões. «[O Iuri] fez uma excelente época na temporada passada e é por ele que me guio, somos mais ou menos da mesma posição. Na época passada conseguiu números fantásticos e é isso que procuro. O Moreirense dá-nos todas as condições para podermos crescer e nos ambientarmos ao que é a Liga e podermos voltar ao Sporting», referiu.

Em relação ao que espera encontrar no principal escalão do futebol português, recorde-se que Francisco Geraldes jogou na equipa B do Sporting, o jovem de 21 anos espera encontrar «um campeonato mais competitivo, mais maduro, com jogadores com maiores qualidade e em que o nível de exigência é maior».

Por sua vez, o médio Cauê, que já representou o Leixões e a Olhanense, está de regresso a Portugal, sentindo-se seduzido pelas condições de trabalho que o Moreirense oferece.

«Já conheço Portugal, fui feliz aqui. Como me senti em casa decidi voltar ao futebol português. Espero encontrar a estabilidade e a organização que o clube oferece, com qualidade de trabalho. O grupo está bem ambientado, são bons amigos e bons colegas. O nosso objetivo é garantir a manutenção quanto mais rápido melhor, sabendo que estamos numa Liga competitiva», disse.

Pedro Rebocho fala em «passo em frente na carreira»

Também reforço do Moreirense, depois de oito anos no Benfica, onde atuou na equipa B na época passada, Pedro Rebocho cumpriu esta quinta-feira o primeiro treino no seu novo clube. O lateral esquerdo diz que a possibilidade de jogar na Liga se trata de um passo em frente na sua carreira.

«Pretendia evoluir e penso que o Moreirense será um bom desafio para mim e, acima de tudo, acho que é um passo em frente. É um clube da Liga, tive opiniões muito boas quer do Palhinha quer do André Moreira, que já cá estiveram, só me disseram coisas boas e a minha vontade de vir para cá ainda foi maior. Trata-se de um novo rumo, todos os jogadores querem evoluir e atingir outros patamares. É com essa intuição que venho para aqui», referiu o jovem de 21 anos.

in "http://www.maisfutebol.iol.pt/moreirense/liga/francisco-geraldes-e-pelo-iuri-medeiros-que-me-guio"