segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Pepa: «Não foi o Vitória que fez um mau jogo, nós é que obrigámos»


Declarações de Pepa, treinador do Moreirense, na sala de imprensa do Parque de Jogos Comendador Joaquim de Almeida Freitas, depois da derrota (0-1) com o V. Guimarães:

«Fica um sabor amargo pelo que fizemos, lutámos até à exaustão, com qualidade, com saídas com critério, mas acabámos por ser infelizes. É pegar nas coisas positivas e levantar já rápido. A resposta tem de ser dada dentro do campo, estávamos a dar uma boas reposta, mas complicaram-nos a vida».

«Os meus jogadores forma guerreiros, tiveram qualidade. O lance da expulsão marca um pouco o jogo. Esse lance foi visto e mais do que visto e é um pouco ridículo aquilo que aconteceu. É o que temos, temos de juntar as tropas. Jogámos olhos nos olhos e estávamos a acreditar, faltou eficácia, como nos tem faltado noutras alturas»

[Arbitragem] «Nesta casa, e mesmo eu, não individualizamos questões com o árbitro. Não nos vamos agarrar a isso. Pelas imagens, quem puder analisar que analise, resta-nos ter a capacidade de não nos desorganizarmos em termos emocionais. Acabei por ser expulso até por acalmar os jogadores, mas é o que temos. Foi um jogo muito intenso, vamos valorizar o que fizemos bom. Quem lá está, está para decidir, os jogadores para jogar».

[Vitória moral?] «Vitórias morais não dão pontos, o importante são os pontos. Reforço que não foi o Vitória que fez um mau jogo, fomos nós que obrigámos a que isso acontecesse. Depois acaba por ser duro o que aconteceu por causa de pequenos detalhes».

in "http://www.maisfutebol.iol.pt/moreirense/vitoria-guimaraes/pepa-nao-foi-o-vitoria-que-fez-um-mau-jogo-nos-e-que-obrigamos"