sábado, 18 de fevereiro de 2017

Augusto Inácio: «Ainda estamos a meio pau»


Declarações de Augusto Inácio, treinador do Moreirense, na sala de imprensa do Parque de Jogos Comendador Joaquim de Almeida Freitas, depois do empate (1-1) na receção ao Estoril:

«Perdemos dois pontos. Perante o momento que estamos a passar sabia que íamos sofrer nos últimos vinte minutos. O Moreirense tinha um processo de jogo, que se alterou completamente. Alterou-se porque o treinador não inventa e tenta ter mais produção para a equipa. Sabia que o Alex e o Sougou não iam aguentar os noventa minutos, apesar da qualidade que têm. Olhando para o banco, sabia que não podia acrescentar qualidade à equipa.

O Estoril tem uma oportunidade de golo, um autogolo, de resto não teve mais nada. Nós tivemos duas bolas na trave e mais alguns lances de perigo, acho fizemos uma primeira parte mais ou menos conseguida, porque nós não temos um dez, um organizador de jogo para jogar em 4x2x3x1 e alterámos para um sistema tático menos elaborado. Trabalhamos numa alternativa, 4x4x2, isso requer processos e rotinas de treino e vai-se perdendo pontos assim. Temos de nos lamentar de não conseguir segurar o resultado e fica uma pontinha de azar, porque o Estoril, enfim, teve uma oportunidade num lance infeliz. Somamos um ponto, queríamos três.

[Mudança no processo] «Temos de verificar o momento em que as coisas se passaram. De repente ficamos sem dois titulares rotinados, olhando para aquilo que temos, há que alterar também o sistema. Não é do meu agrado, prefiro um meio campo forte. Ter o meio campo esforçado sem um elemento que liga depois ao ataque desgasta a equipa. O Cauê e o Fernando Alexandre são dois animais a correr, dois grandes campeões, porque com o posicionamento da equipa obriga a um grande desgaste».

[Reformulação no mercado de inverno] «Normalmente estas equipas como o Moreirense recebem sempre jogadores que não jogam noutros lados, por variadas razões. Não há dinheiro para contratar a equipas em que estão a jogar. Disse que, se não houvessem lesões, dentro de três semanas ia ficar com uma grande equipa. Neste momento ainda estamos a meio pau, com os jogadores em boas condições o Moreirense tem mais hipóteses de ganhar pontos».

in "http://www.maisfutebol.iol.pt/liga/moreirense/augusto-inacio-ainda-estamos-a-meio-pau"